Make your own free website on Tripod.com

ALQUIMIA (temas)

Home
OMAR KHAYYAM
LEONARDO DA VINCI
ERASMO DE ROTERDÃO
MONTAIGNE
Pe. ANTÓNIO VIEIRA
BLAISE PASCAL
DIDEROT
WILLIAM BLAKE
CHATEAUBRIAND
NOVALIS
NIETZSCHE
RILKE
TEIXEIRA DE PASCOAES
BACHELARD
AGOSTINHO DA SILVA
ALQUIMIA (temas)
UPANISHADES (obras eternas)
Outras Páginas com Citações

De Obras Alquímicas e Sobre
alqui.gif

 
 "Assim como todas as coisas estiveram e vieram do Uno, também todas essas coisas nasceram dessa coisa única, por adaptação. O Sol é seu pai; a Lua, a mãe; o vento trouxe-o no ventre, a Terra é a sua ama (...)
("Tábua de Esmeralda")
 
 
 
"O mundo da natureza composta e discreta, o mundo da alma e o mundo da inteligência. Possuir o conhecimento pleno dos três mundos é ter atingido o maior conhecimento permitido ao ser criado. Maior conhecimento só ao próprio Deus é dado possuir"
("Liber Quartorum", citado por Julius Evola, "A Tradição Hermética", Ed. Mediterranee, Roma, 1971)
 
 
 
"Existe na Natureza uma certa matéria pura que, descoberta e levada à perfeição pela Arte, converte em si mesma todos os corpos imperfeitos em que toca"
(Arnold de Villanova, citado por Elíade, "Ferreiros e Alquimistas", 14)
 
 
 
"Só aquele que sabe como fazer a Pedra Filosofal, compreende as palavras que lhe dizem respeito"
(Hortulanus, citado por Elíade, "Ferreiros e Alquimistas", 14)
 
 
 
"Eleva-te acima de qualquer altura; desce mais fundo que qualquer profundidade; concentra em ti todas as sensações das coisas criadas: da Água, do Fogo, do Seco e do Húmido. Pensa que te encontras ao mesmo tempo em toda a parte: na terra, no mar e no céu; pensa que não nasceste nunca, que és ainda embrião: jovem e velho, morto e para além da morte"
("Corpus Hermeticum", citado por Julius Evola, "ATradição Hermética", Ed. Mediterranee, Roma, 1971)
"Antes de tudo deves despir essa veste que trazes, essa veste de ignorância, princípio de todo o mal, cadeia de corrupção, envoltório tenebroso, morte viva, cadáver sensível, túmulo que arrastas contigo, ladrão na tua própria casa, que através daquilo que ama te odeia, e que através daquilo que abomina, te prejudica"
("Corpus Hermeticum", citado por Julius Evola, "A Tradição Hermética", Ed. Mediterranee, Roma, 1971)
 
 
 
"Tudo o que o macrocosmos contém, também o homem contém"
(Olimpiodoro, citado por Julius Evola, "A Tradição Hermética", Ed. Mediterranee, Roma, 1971)
 
 
 
"A nossa Obra é interior e exterior"
´("Livro da Clemência", citado por Julius Evola, "A Tradição Hermética", Ed. Mediterranee, Roma, 1971)
 
 
 
"Para conhecer a geração das estrelas, deve conhecer-se a geração da vida e como a vida se gera no corpo, porque em tudo existe uma única espécie de geração"
(Böhme, citado por Julius Evola, "A Tradição Hermética", Ed. Mediterranee, Roma, 1971)
 
 
 
"A vida não é mais do que um Espírito; por isso, tudo aquilo que o ignorante considera como morto deve viver com um vida incompreensível, visível, no entanto, e espiritual, e nela deve conservar-se"
(Basílio Valentim, citado por Julius Evola, "A Tradição Hermética", Ed. Mediterranee, Roma, 1971)
 
 
 
"Há trindade numa unidade e unidade numa trindade, e aí estão Corpo, Espírito e Alma. E aí também Mercúrio e Arsénico"
(Bernardo Trevisano, citado por Julius Evola, "A Tradição Hermética", Ed. Mediterranee, Roma, 1971)
 
 
 
"A natureza detém-se e suspende o trabalho no Ouro...Termo supremo de todos os metais, acima e além do qual a própria natureza por si só não pode formar mais nenhum metal".
("De Pharmaco Catholico", citado por Julius Evola, "A Tradição Hermética", Ed. Mediterranee, Roma, 1971)
 
 
 
"Dissolver é converter o Corpo do nosso íman em puro Espírito. Coagular é fazer de novo corporal este Espírito, segundo o preceito do Filósofo que diz: Converte o Corpo em Espírito e o Espírito em Corpo. Quem entender estas coisas possuirá tudo; e quam não as compreender nada terá"
(Potier, citado por Julius Evola, "A Tradição Hermética", Ed. Mediterranee, Roma, 1971)
 
 
 
33333333333333333333333333333333333333333
 
 
 "A alquimia representa a projecção de um drama ao mesmo tempo cósmico e espiritual em termos de laboratório. A Opus Magnum tinha duas finalidades: o resgate da alma e a salvação do cosmos...Esse trabalho é difícil e repleto de obstáculos; a opus alquímica é perigosa"
(Jung)
 
 
 
"(...) a alquimia não foi originariamente uma ciência empírica, uma química embrionária; só o chegou a ser mais tarde, quando o seu universo mental próprio perdeu, para a maior parte dos experimentadores, a sua validade e razão de ser (...) a química nasceu da alquimia: mais precisamente, nasceu da decomposição da ideologia alquímica"
(Mircea Elíade, "Ferreiros e Alquimistas", prefácio)
 
  
 
 "(...) Outro ponto sobre o qual temos de insistir é a natureza puramente "espiritual" da verdadeira alquimia, que é propriamente de ordem psíquica quando tomada na sua acepção imediata, e de ordem espiritual quando é transposta para o seu sentido superior; aí está na realidade o que lhe confere todo o seu valor do ponto de vista iniciático. Esta alquimia não tem então absolutamente nada a ver com as operações materiais de uma "química" qualquer, no sentido actual dessa palavra (...) não quer isto dizer que por tal se tenha que negar a possibilidade de transmutações metálicas, que é o que aos olhos do vulgo representa a alquimia"
(Réné Guenon, "Apreciações sobre a Iniciação", 41)
 
 
 
"A língua da alquimia é uma língua do devaneio, a língua materna do devaneio cósmico. Essa língua é preciso aprendê-la conforme foi sonhada, na solidão. Nunca estamos tão sós como quando lemos um livro de alquimia*"
(G. Bachelard, "A Poética do Devaneio", II, 6)
* em itálico no original
 
 
 
 
 
 
 
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
 
 
Os principais tratados alquímicos na Web:
 
"Sacred Texts" (em inglês):
 
 
"The Alchemy Web Site" (em inglês, francês, italiano e espanhol):
Um outro link deste site para as obras alquímicas vertidas para o espanhol:
 
 
 "Biblioteca Chymica" (em francês):
 
 
 
 
 

alquimia.gif

al.gif